Institucional

Vamos divulgar:

Por que a Angaad foi fundada?

Fortalecer o Movimento Nacional por uma Cultura da Adoção, representando, apoiando e orientando os Grupos de Apoio à Adoção (GAAs) na defesa dos direitos de crianças e adolescentes, preconizados pelo ECA, principalmente, na garantia do seu direito à convivência familiar e comunitária.

Promover, na perspectiva do melhor interesse da criança, as adoções de crianças e adolescentes em instituições de acolhimento, com perfis fora do padrão normalmente desejado pelos pretendentes à adoção: crianças maiores, adolescentes, grupos de irmãos, portadores de deficiências ou necessidades específicas de saúde, afrodescendentes e pertencentes à minorias étnicas.

Sensibilizar os órgãos competentes para que priorizem a construção, a consolidação e o monitoramento permanente da legislação, políticas públicas e estratégias que assegurem os direitos fundamentais de crianças e adolescentes.

Contribuir com a construção de políticas públicas em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

Mobilizar os diversos setores da sociedade civil buscando o reconhecimento da legitimidade da filiação adotiva. Sensibilizar os órgãos competentes para que priorizem a construção, a consolidação e o monitoramento permanente da legislação, políticas públicas e estratégias que assegurem os direitos fundamentais de crianças e adolescentes.

Conscientizar os poderes constituídos sobre a necessidade da celeridade nos processos judiciais que envolvem crianças e adolescentes em instituições de acolhimento (reintegração familiar ou destituição do poder familiar e adoção);

Vamos divulgar:
%d blogueiros gostam disto: