E agora Maria e agora José? Existe vida pós acolhimento?

Muito tem se falado acerca da mudança de comportamento dos pais adotantes em relação às características desejadas da criança que se procura adotar, especialmente no que concerne à idade. Mas, infelizmente, esta mudança acontece em velocidade diametralmente contrária ao crescimento da população abrigada que chega à “maioridade” em abrigos judiciais e orfanatos.

Ler mais
%d blogueiros gostam disto: