Apadrinhamento Afetivo

Vamos divulgar:

O apadrinhamento afetivo não é adoção.

É oportunidade de proporcionar convivência familiar a crianças e adolescentes abrigados que não têm família. Na maioria dos casos, são jovens que por conta da idade terão mais dificuldade de serem adotados ou já estão prestes a completar 18 anos e irão embora dos abrigos. Além do afeto, os padrinhos também oferecem aos jovens orientação sobre o futuro, os estudos e a profissão.

Ficou curioso sobre o assunto?

Assista ao vídeo para saber como se tornar madrinha ou padrinho: http://bit.ly/1K6C1Xp.

#CNJ #ApadrinhamentoAfetivo

 Apadrinhamento afetivo: é a oportunidade da convivência familiar para crianças e adolescentes que vivem em abrigos.

Não é adoção.

Na maioria dos casos, o encontro é quinzenal durante o final de semana.

Tem curiosidades sobre o assunto? Assista ao vídeo do CNJ ou entre em contato conosco.

Vamos divulgar:
%d blogueiros gostam disto: