Adoção tardia: tribunais dão visibilidade a criança e adolescente

Ações como essa eram impensáveis até poucos anos atrás, já que a exposição dessas crianças na sociedade sempre foi considerada um tabu. Agora, é uma iniciativa cada vez mais presente na Justiça de todo o país. Com isso, houve resultados significativos para inserir em uma família aquelas crianças que não tinham perspectiva alguma de serem adotadas, em geral pela idade avançada ou por terem alguma deficiência.

Ler mais

CAMPANHA “ADOTE UM BOA NOITE” INCENTIVA ADOÇÃO TARDIA

O Tribunal de Justiça de São Paulo lançou uma campanha chamada “Adote um boa noite”, que incentiva a doação de crianças mais velhas. No Dia da Criança, a gente vai falar dos mais de 45 mil adolescentes e crianças que vivem em abrigos no Brasil, 80% deles têm seis anos ou mais e poucas chances de adoção.

Ler mais
%d blogueiros gostam disto: